Fechar
Amazonas, Maués

Dicas de Maués – A Terra do Guaraná

19 de setembro de 2017

Você sabia que Maués é a Terra do Guaraná? Se você nunca tinha ouvido falar nesse lugar, veja nesse post algumas dicas de Maués – A Terra do Guaraná.

No feriado de 7 de setembro fomos para Maués à convite da Prefeitura de Maués para conhecer o Festival de Verão.

Dicas de Maués

Maués é um município do interior do estado do Amazonas, a cerca de 270 km da capital Manaus.

Conhecida como a Terra do Guaraná, Maués possui muitas belezas naturais, como rios, lagos transparentes e belas praias.

Em Maués você vai encontrar um dos maiores conjuntos de praias da Floresta Amazônica, que se estendem ao longo do Rio Maués-Açu e atraem muitos turistas durante o verão.

Entre as atrações naturais de Maués, estão: praias, lagos, cachoeiras, sítios arqueológicos, trilhas, reservas indígenas, observação de botos, pesca esportiva, etc.

Seu principal e mais famoso produto é o guaraná, uma planta que produz uma bebida doce muito apreciada pelos locais e que deu origem ao nosso famoso refrigerante de guaraná, consumido no Brasil e no mundo.

Maués é a maior produtora individual do guaraná, bebida símbolo do Brasil, e por isso recebeu o carinhoso apelido de “Terra do Guaraná”.

A cidade preserva as características de cidade do interior, com casinhas coloridas, bem arborizada, limpa e bem cuidada. Seus moradores possuem forte descendência indígena, originária dos índios Sateré-Mawés, e são muito simpáticos e sorridentes.  A cidade conta com boa infra-estrutura, com quiosques, calçadão e restaurante na beira da praia.

No orla da cidade tem o CAT – Centro de Atendimento ao Turista que presta informações sobre os passeios e atividades.

Dentro do CAT funciona uma loja de artesanatos.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição

Maués possui cerca de 60 mil habitantes e seu nome significa curioso, inteligente.

A cidade possui uma das maiores expectativas de vida do país. É um lugar com muitos idosos, as pessoas passam de 100 anos lá com tranqüilidade. Acredita-se que o guaraná tenha influência nessa expectativa de vida, pois os moradores consomem o produto diariamente. E também o fato de se levar uma vida mais tranqüila e sossegada.

Maués possui muita riqueza cultural, que pode ser observada na música e na dança, nas festas religiosas e culturais, muito artesanato indígena, danças populares e na culinária.

O pôr do sol de Maués é um espetáculo incrível. Nos meses de verão o céu ganha um tom alaranjado com o sol ainda bem alto e parece que o sol está bem pertinho da gente.

Quando ir a Maués

A melhor época para curtir as praias é no verão, entre os meses de setembro a fevereiro.

Quem gosta de agito aproveite para visitar a cidade durante o Festival de Verão e a Festa do Guaraná

Como chegar em Maués

Existem duas formas de chegar em Maués, de barco ou de avião.

São 356 km por via fluvial a partir de Manaus. Os barcos saem uma vez ao dia do Porto de Manaus às 17 horas, com exceção dos sábados que sai às 12h. O trajeto varia de 16 a 18 horas de viagem.

De avião são cerca de 45 minutos de vôo. Nós fomos num vôo fretado com o pessoal da imprensa.

A outra alternativa é pegar um ônibus até a cidade de Itacoatiara, e depois pegar uma lancha rápida. No total, o tempo de viagem cai pela metade. As passagens são vendidas em conjunto na rodoviária de Manaus.

Guaraná de Maués

O cultivo do guaraná é uma antiga prática da região, descoberta pelos índios Sateré-Mawé, que dão nome à cidade.

O fruto é a matéria-prima do nosso famoso refrigerante de guaraná, consumido no Brasil e no mundo.

Em homenagem ao fruto, todo ano eles fazem a Festa do Guaraná, que acontece na segunda quinzena de novembro é o principal evento do município.

Alguns dos Benefícios do Guaraná são:

Retarda o envelhecimento

Aumenta a energia e o foco

Anti-inflamatório natural

Combate o stress físico e mental

Combate a febre, cãibras e dores de cabeça.

O guaraná possui uma alta dose de guaranina, um estimulante parecido com a cafeína, que age no sistema nervoso combatendo a fadiga e estimulando a atenção e a memória.

Uma das formas de preparo é o famoso Turbinado, uma vitamina feita com o guaraná em pó, amendoim, leite em pó, aveia, abacate, xarope de guaraná, gelo e água. É geladinho e uma delícia.

Guaraná significa “parecido com olhos humanos” e de acordo com a lenda, são os olhos da índia Ceraçaporanga.

Lenda do Guaraná

A lenda do guaraná conta a história de uma índia muito bonita chamada Ceraçaporanga que se apaixona por um índio da tribo inimiga e foge com ele. Toda a tribo sai em perseguição ao casal e Ceraçaporanga pede aos céus que não os separem. Nesse momento, Tupã atingiu os amantes com um raio matando-os, para o grande espanto dos Maués. Ao pé da frondosa sapupema, encontraram dormindo para sempre a bela Ceraçaporanga e amado. Toda tribo chorou a morte de Ceraçaporanga e no local onde morreram brotou de seus olhos o guaraná, um fruto que aplacaria a fome e a sede de sua tribo.

Nós tivemos a oportunidade de fazer um passeio de barco até a Ilha de Vera Cruz, onde visitamos a casa da Dona Claudete, com uma bela infraestrutura e até um sítio arqueológico.

Nada mal relaxar nessa rede debaixo dessas árvores e com essa vista.

Visitamos também a Praia da Areia Branca, uma praia de águas calmas, rodeada de árvores e com um barzinho bem animado.

 

Adorei conhecer essa cidade linda do interior do Amazonas. E vocês, gostaram das dicas de Maués?

0 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
Instagram
@seguindo_viagem
css.php