Fechar
Brasil, Destinos Nacionais, Praia

O que fazer em Alter do Chão

22 de fevereiro de 2018

Procurando o que fazer em Alter do Chão? Neste post selecionamos as principais atividades pra você aproveitar o caribe amazônico.

Alter do Chão é uma pequena vila a 30 km de Santarém, no Pará, dona de belas praias de água doce e de uma tranquilidade de vilarejo do interior.

O destino ficou famoso depois que o jornal inglês The Guardian colocou Alter do Chão na lista das 10 praias mais bonitas do Brasil. E não é pra menos, as belezas das praias impressionam mesmo.

o-que-fazer-em-alter-do-chão

Alter do Chão

Como chegar em Alter do Chão

O aeroporto mais próximo é o de Santarém, no Pará. Do aeroporto são mais 38km até Alter. Esse trajeto pode ser feito de ônibus de linha(R$2,75 + R$3,60), táxi (R$120,00) ou contratando um transfer com sua pousada (em torno de R$90,00).

De ônibus basta ir até a parada que fica à direita de quem sai do aeroporto e pegar o ônibus “AEROPORTO” e descer no Shopping Rio Tapajós. Atravesse a rua e na parada em frente pegue o ônibus “ALTER DO CHÃO”. São 45 minutos até o terminal de Alter do Chão. Tem ônibbus de 30 em 30 minutos.

A forma escolhida vai depender muito do horário de sua chegada. Como meu voo chegou às 13:30h e eu estava com apenas uma mochila fui de ônibus mesmo e ainda parei para almoçar no shopping. Já se seu voo chega de madrugada não tem jeito, tem que pegar o transfer ou táxi.

Quem estiver em Belém ou Manaus tem ainda a opção de chegar em Santarém de barco. De Belém são 36 horas e de Manaus, 48 horas. Todo mundo diz que é uma experiência muito legal.

Quando ir para Alter do Chão

Alter do Chão pode ser conhecida o ano inteiro. A época escolhida vai depender do que você quer ver ou de quando você pode ir. A paisagem muda completamente dependendo da estação. Na cheia a Ilha do Amor fica totalmente encoberta e na seca as praias aparecem. A temperatura não muda, faz calor o ano inteiro, independente se é inverno ou verão.

A estação cheia (inverno) vai de janeiro a julho, nesse período chove bastante e o rio vai subindo fazendo as praias desaparecerem. A Ilha do Amor vai ficando submersa também. É a época boa para fazer alguns passeios de barco no meio da floresta, que só funcionam nesse período. É muito bonito quando o rio está bem cheio e reflete as árvores como se fosse um espelho.

A estação seca (verão) vai de agosto a dezembro e é quando o volume do rio baixa e as praias aparecem. O mês de novembro é o auge da seca e é possível atravessar para a Ilha do Amor à pé, com água na altura do joelho. No entanto, não é possível fazer alguns passeios pela floresta, que só funcionam na época de cheia.

De acordo com o nosso guia, a melhor época é agosto, que é quando o rio começa a baixar, as praias começam a aparecer, mas ainda tem bastante água. Agosto é o mês onde se tem um pouco de cada estação.

Eu queria conhecer as praias e estava me planejando para ir na época da seca. Acabei demorando demais e só consegui ir em novembro, no auge da seca, mas foi bom porque deu pra ver as praias bem definidas.

Onde ficar em Alter do Chão

As hospedagens em Alter são em sua maioria pousadas simples. O hotel com mais infraestrutura é o Hotel Belo Alter.

Eu fiquei hospedada na Pousada Vila Alter, uma pousada simples, mas com ótima localização, ao lado do terminal de ônibus e a poucos metros da praça principal. Reservei pelo booking mesmo e recomendo.

o-que-fazer-em-alter-do-chão

Pousada Vila Alter

Possui uma varandinha agradável com mesas e rede.

É uma das mais econômicas de Alter, com ótimo custo-benefício. Os quartos tem ar condicionado, frigobar e um armário de madeira para colocar os pertences.

O café da manhã é servido ao ar livre, conta com pão, tapioca, frutas, bolo, queijo, presunto e ovo mexido.

A pousada tem WIFI.

O que fazer em Alter do Chão

Ilha do Amor

A Ilha do Amor é o cartão postal de Alter do Chão. Ela fica bem em frente à praça principal, basta atravessar um pequeno trecho do rio, que dependendo da época pode ser feito à pé com a água na altura da coxa. Fomos em novembro e conseguimos atravessar à pé. Apenas tome cuidado onde pisa, olhe onde as pessoas estão atravessando porque em alguns pontos pode ter arraias (medo). Em outros meses é preciso atravessar de barquinho, a travessia custa 5 reais por pessoa.

ilha-do-amor-alter-do-chão

Ilha do Amor

A Ilha é linda, com areia branquinha e varias barraquinhas de palha. Tem ponto de aluguel de caiaque e SUP.

De um lado está o Lago Verde com suas águas clarinhas e do outro o Rio Tapajós.

O que fazer em Alter do Chão

Pôr do Sol no CAT

O pôr do sol de Alter é lindo, o sol fica com aquela bola laranja enorme e se põe nas águas do RioTapajós. É maravilhoso. O melhor lugar para assistir ao pôr do sol é no CAT, que tem uma passarela com vista para o rio.

Pôr do Sol no CAT - Alter do Chão

Pôr do Sol no CAT – Alter do Chão

Pôr do Sol em Alter do Chão

Pôr do Sol em Alter do Chão

Também é possível assistir de qualquer ponto da praia, só não perca esse momento por nada. No primeiro dia assistimos da praia mesmo.

O que fazer em Alter do Chão- Passeios

Para conhecer outros lugares você vai precisar contratar um passeio de lancha. A melhor forma é ir até a beira do rio e negociar diretamente com um barqueiro, não tem necessidade de procurar agência. Eles possuem vários roteiros pré-definidos que variam de acordo com a época da seca / cheia.

Passeio Ponta das Pedras, Casa do Saulo, Lago Preto e Ponta do Cururu

Nós montamos um grupo na nossa pousada e fomos atrás de um barqueiro. Fechamos o passeio para Casa do Saulo, que incluía uma parada para banho na Ponta do Cururu, outra parada na Ponta das Pedras, almoço na Casa do Saulo, banho no Lago Preto e novamente Ponta do Cururu para ver o pôr do sol. O valor ficou R$70,00 por pessoa e ele não cobrou da criança. (Os preços costumam ser mais caros na alta temporada).

Gostei bastante desse passeio, bem completo e deu pra curtir muito.

A primeira parada foi na Ponta do Cururu, uma praia muito bonita de onde se tem um belo pôr do sol.

Ponta do Cururu - Alter do Chão

Ponta do Cururu – Alter do Chão

Ponta do Cururu - Alter do Chão

Ponta do Cururu – Alter do Chão

Em seguida fomos para a Ponta das Pedras, um local bem amplo com várias barracas na areia e alguns restaurantes. É bom para dar uma caminhada, tem umas lagoas que se formam ao lado.

Ponta das Pedras - Alter do Chão

Ponta das Pedras – Alter do Chão

Ponta das Pedras - Alter do Chão

Ponta das Pedras – Alter do Chão

Ponta das Pedras - Alter do Chão

Ponta das Pedras – Alter do Chão

O almoço é na tradicional Casa do Saulo, um lugar lindo e agradável, numa praia deliciosa. A decoração do restaurante é bem bonita, com balanços, garrafas, flores, tudo de muito bom gosto.

Casa do Saulo - Alter do Chão

Casa do Saulo – Alter do Chão

Casa do Saulo - Alter do Chão

Casa do Saulo – Alter do Chão

Lá tem uma tenda branca com uma vista linda da praia. Aqui dá pra ver o porquê de Alter do Chão ser conhecida como Caribe Amazônico, a água é azulada e parece um mar de tão grande.

Casa do Saulo - Alter do Chão

Casa do Saulo – Alter do Chão

Casa do Saulo - Alter do Chão

Casa do Saulo – Alter do Chão

O local conta com piscina, chuveiro e um lindo lounge com almofadas para descansar. O bom é que tem bastante coisa pra fazer enquanto espera o almoço ficar pronto.

Casa do Saulo - Alter do Chão

Casa do Saulo – Alter do Chão

A comida é muito gostosa. Pedi um prato chamado Casa do Saulo, um filé de surubim ao molho branco com castanhas e banana, delicioso.

Ficamos um tempo curtindo a praia em frente à Casa do Saulo. Adorei o estilo da espreguiçadeira.

Depois fomos para o Lago Preto, um lugar lindo e muito gostoso para tomar banho. A água estava deliciosa, bem fresca e já era fim de tarde, então o sol estava bem mais suave. Nossa vontade era ficar mais tempo aqui, mas ainda tinha o pôr do sol na Ponta do Cururu.

Lago Preto - Alter do Chão

Lago Preto – Alter do Chão

o-que-fazer-em-alter-do-chão

Infelizmente tivemos um probleminha com nosso barco e perdemos o pôr do sol. Um problema no motor fez o barco parar no meio do rio. Sorte que apareceu um barquinho e nos rebocou até a praia, onde ficamos aguardando o resgate. Deu tudo certo no final, apenas chegamos um pouco mais tarde.

O que fazer em Alter do Chão

Passeio Lago Verde e Pindobal

No outro dia o resto do pessoal fez um passeio para o FLONA que incluía uma trilha de 8 km, como eu estava com criança optei por fazer um passeio mais tranquilo. Me juntei a outro grupo e optamos por fazer o passeio para o Lago verde e Pindobal. O barqueiro fechou a lancha por 300 reais e nós dividimos o valor. Éramos 4 adultos e 2 crianças, então ficou 75 reais para cada.

o-que-fazer-em-alter-do-chão

O passeio começa com uma volta pelo Lago Verde, onde se tem belas vistas da Ilha do Amor e de outras áreas.

o-que-fazer-em-alter-do-chão

o-que-fazer-em-alter-do-chão

 

Depois fizemos uma parada numa praia no meio do caminho, chamada Ponta do Mureta. Curtimos um pouco a praia e aproveitei para levantar o drone e pegar lindas imagens.

Em seguida fomos para Pindobal, um praia com uma faixa de areia bem extensa e várias barraquinhas quase dentro d’água. Nós até colocamos uma barraca dentro d’água mesmo para as crianças tomarem banho na sombra.

o que fazer em Alter do Chão

Pindobal – Alter do Chão

Em Pindobal parece que nós estamos no mar, pois não dá pra ver a outra margem, é impressionante.

É um lugar perfeito pra passar a tarde toda petiscando e tomando banho ali na frente.

o que fazer em Alter do Chão

Pindobal – Alter do Chão

Os restaurantes servem almoço na barraca. Nós fomos lá no restaurante escolher o peixe que seria preparado para nosso grupo. Escolhemos um surubim gigante, acompanhado de baião de dois, farofa e vinagrete, deu pra 4 adultos e 2 crianças e ainda sobrou. A comida era muito boa e bem servida e o preço bom também. Acho que deu 30 reais para cada pessoa. As bebidas você pede e vem um cooler com gelo e o que você não beber pode devolver. Pedimos também uma porção de arraia empanada, muito gostosa também.

o que fazer em Alter do Chão

Nas barracas passam umas pessoas vendendo doces regionais, como banana frita, cupuaçu, etc.

Normalmente esse passeio vai até a hora do pôr do sol, mas nós preferimos voltar para ficar um pouco na Ilha do Amor.

Depois fomos caminhando até o CAT e assistimos um espetacular pôr do sol de lá.

o que fazer em Alter do Chão

Uma coisa que observei é que lá venta muito e você seca muito rápido, nem precisa de toalha, rsrs, quando vê já está seco.

Faz muito calor e o sol é muito forte. Proteja-se e tome muita água

Onde comer em Alter do Chão

Ao redor da Praça 7 de setembro estão  vários restaurantes e barraquinhas de comidas regionais, como tacacá, vatapá, doces de cupuaçu e murici, pastel.

Gostei muito do restaurante Arco-íris que tem opções saudáveis e lanches, como crepe, hambúrguer.

Pedimos um filé de filhote grelhado, que vem com vários acompanhamentos diferentes.  (R$38,00)

Do mesmo dono do Arco-íris tem o Mango, com opções mais elaboradas, música ao vivo e shows de carimbo nos finais de semana.

O hambúrguer de peixe é muito gostoso, vem com batata frita. (R$24,00)

Pedi também o filé de filhote grelhado que vem com arroz com jambú e purê de banana. Muito gostoso. (R$45,00)

Experimente o açaí, que é bem diferente do açaí vendido no restante do Brasil. O açaí é puro, não vem batido com nenhuma fruta, nem guaraná, vem acompanhado apenas de tapioca. Inicialmente, você vai achar sem doce, mas basta colocar açúcar que fica delicioso. Eu que moro em Manaus já estou acostumada com o açaí puro daqui, só senti o sabor do açaí do Pará um pouco salgado.

Do lado direito da praça tem um bar bem bonitinho, todo decorado com peças de madeira, tem uma plaquinha escrito Caipirinhas, Coquetéis e Açaí, não lembro o nome e não tirei foto, mas gostei do açaí dali, bem geladinho. Custa R$10,00 e acompanha tapioca.

Eu amei o clima de Alter do Chão, lugar de muito sossego e de uma beleza única. Não deixe de conhecer o caribe Amazônico, você vai se apaixonar.

Tem alguma dica sobre o que fazer em Alter do Chão? Deixe nos comentários.

Veja também:

O que fazer em Novo Airão

Gran Sabana – Venezuela

Baixe Grátis o e-book Como Viajar Gastando Pouco

Reserve sua viagem conosco

Se você gostou do nosso conteúdo, ajude a manter o blog planejando sua viagem através dos nossos links. Ao utilizar nossos links durante a reserva do seu hotel, compra do seguro viagem e demais serviços você gera uma pequena comissão para o blog. Você não paga nada a mais por isso e ainda nos motiva a continuar compartilhando nossas dicas aqui. Todos os serviços citados aqui são os que nós usamos em nossas viagens e são de nossa confiança.
Fique por dentro das promoções de passagens
Reserve seu hotel no Booking
Ganhe R$130,00 de desconto no Airbnb
Ganhe 5% de desconto no Seguro Viagem
Adquira seu chip com internet 4G
Alugue seu carro com desconto
Compre seu ingresso antecipadamente

0 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
Instagram
@seguindo_viagem
css.php