Fechar
Jalapão, Tocantins

Dicas do Jalapão

04 de maio de 2017

O Jalapão já entrou para a lista dos meu lugares preferidos no Brasil pela quantidade de belezas e experiências diferentes num só lugar. Confira nesse post as dicas do Jalapão e planeje já sua viagem para esse destino imperdível.

O Parque Estadual do Jalapão é uma área de proteção ambiental de 34 mil km² localizada no centro-leste do Estado de Tocantins, fazendo fronteira com os Estados do Piauí, Maranhão e Bahia.

A região mistura paisagens de cerrado com campos de veredas, salpicados por rios, cachoeiras de águas cristalinas e delicados fervedouros, que são nascentes de água cercadas de vegetação formando uma piscina natural que não deixa você afundar. Um lugar mágico que vai fazer você se apaixonar.

A seguir estão algumas dicas do Jalapão:

Como chegar no Jalapão

O aeroporto mais próximo fica em Palmas, capital do Tocantins a cerca de 200 km do Jalapão. O acesso é pela rodovia TO-050 até Porto Nacional e depois pela TO-255 até Ponte Alta do Tocantins, porta de entrada do Jalapão. A viagem até Ponte Alta dura cerca de 2 horas.

As estradas do jalapão são de terra, com muitos trechos esburacados e outros com areia fofa, necessitando de um transporte 4×4 para chegar até lá e circular pelos atrativos, que são bem distantes uns dos outros. Além disso, não é aconselhável realizar uma expedição por conta própria para pessoas que não estão acostumadas a dirigir nesse tipo de terreno ou não tem o veículo adequado ou não conhecem a região. Pra vocês terem uma idéia, o principal slogan do lugar é: O Jalapão é bruto.

A melhor forma de explorar o Jalapão é contratando uma excursão em uma das agências de Palmas. Os pacotes variam de 3 a 7 dias e incluem todas as despesas com translado, hospedagem, alimentação, taxas de visitação nos pontos turísticos e seguro viagem. Os preços podem parecer salgados inicialmente, mas considerando que todos os gastos estão incluídos no pacote, a logística, a dificuldade de chegar na região, é um preço justo. Para se ter uma idéia dos valores cobrados, cada fervedouro / cachoeira cobra uma taxa de 15 a 20 reais por pessoa.

Eu fui com a agência Jalapão Selvagem e recomendo demais. Nossa expedição não poderia ter sido melhor. Desde o momento que você inicia a expedição, você não precisa se preocupar com absolutamente nada. Eles cuidam de tudo pra você.

Um dos principais diferenciais da Jalapão Selvagem é o tratamento dispensado aos clientes. O nosso guia Gallery foi super atencioso, sempre preocupado com nosso conforto, tornando a expedição ainda mais prazerosa. Nós nem víamos a hora passar, conversando, ouvindo música. Outra coisa legal é que eles oferecem vários lanchinhos à vontade no carro, frutas, barrinhas, chocolate, bolinhos, biscoitos, água, suco, inclusive nas refeições. Era muito bom ter o lanche disponível no carro para quando batesse uma fome.

O pacote deles é bem completo também, visita vários fervedouros e os principais pontos do Jalapão, enquanto outras agências visitavam bem menos atrativos.

Quantos dias ficar no Jalapão

Eu fiz o pacote de 4 dias e achei perfeito, deu pra conhecer bastante coisa e os principais atrativos, sem perder nenhum ponto principal. Com mais dias você vai visitar outras cachoeiras da região. Menos do que 4 já fica um pouco corrido e perde alguns pontos importantes como a Pedra Furada, que normalmente não é incluída no pacote de 3 dias.

Melhor época para visitar o Jalapão

A melhor época para visitar o Jalapão é no período de seca, que vai de maio a setembro. Esse período é melhor para circular, já que as estradas ficam secas. A época da colheita do capim dourado é em setembro.

Nível de dificuldade

O acesso aos atrativos é fácil, não exige longas caminhadas.

O único atrativo que exige maior esforço é o Mirante da Serra do Espírito Santo, um trekking com uma subida íngreme de 500 metros feito na madrugada para pegar o nascer do sol no topo. Mas esse passeio é opcional. O resto dos atrativos chega-se de carro e com caminhadas curtinhas, dá pra ir de chinelo para a maioria delas.

Uma coisa que é preciso levar em consideração é que as estradas são ruins e o carro sacoleja bastante. Fora isso é bem tranquilo, pousadinhas confortáveis, restaurantes bons, comida gostosa.

Alimentação

O pacote inclui 3 refeições diárias, café da manhã, almoço e jantar. As refeições são feitas em lugares onde se serve à vontade e a comida é deliciosa, gostinho de comidinha caseira, bem temperada. Comi muito bem no Jalapão, tudo muito saboroso e fresquinho, legumes, carnes deliciosos, com destaque para o frango caipira que era muito saboroso e uma abóbora com legumes feito na moranga que comemos no último dia que estava perfeito.

Durante o dia tínhamos água e alguns lanchinhos à disposição no carro.

Sinal de Celular

Na maior parte do Jalapão não pega sinal de celular. Nas cidadezinhas pega algumas operadoras apenas, como vivo. Em algumas pousadas tem wi-fi, mas não é fraco.

Como é a expedição com a Jalapão Selvagem

As expedições são feitas em carros 4×4, que levam pequenos grupos, normalmente de 4 pessoas. As hospedagens são em pousadas simples, mas confortáveis, com ar condicionado, TV e algumas com wi-fi. Todas as 3 refeições são incluídas no pacote e também as entradas nos atrativos.

O roteiro do Jalapão é circular, fazendo base nos municípios de Ponte Alta, Mateiros e São Félix e explorando os atrativos nos arredores de cada um.

Ponte Alta é a primeira cidade, considerada a porta de entrada do Jalapão. Próximo de Ponte Alta está a Pedra Furada.

Mateiros é o local que concentra a maioria dos principais atrativos, como as dunas, a Cachoeira do Formiga e os fervedouros. Além do povoado de Mumbuca que confecciona o artesanato de capim dourado.

O município de São Félix é o mais central do Jalapão geograficamente. Entre os principais atrativos estão o Fervedouro do Alecrim, a Serra da Catedral, o Monumento Natural Canyons e as Corredeiras do Rio Sono.

A minha expedição foi de 4 dias e o roteiro foi o seguinte:

Dia 1 – Saída de Palmas pela manhã em direção a Ponte Alta, visitando o Canyon do Sussuapara, a Cachoeira do Rio Sono, depois banho no Rio Sono e pôr do sol na Pedra Furada. Pernoite na Pousada Águas do Jalapão em Ponte Alta.

Pedra Furada - Jalapão

Pedra Furada – Jalapão

Dia 2 – Seguimos em direção a Mateiros visitando a Cachoeira da Velha, Prainha do Rio Novo e pôr do sol nas dunas. Pernoite na Pousada Buritis em Mateiros.

Pôr do sol nas dunas do Jalapão

Pôr do sol nas dunas do Jalapão

Dia 3 – Visita ao fervedouro do Ceiça, artesanato de Mumbuca, fervedouro Encontro das Águas, Encontro das Águas e Cachoeira do Formiga. Pernoite na Pousada Cachoeiras do Jalapão em São Felix.

Cachoeira do Formiga - Jalapão

Cachoeira do Formiga – Jalapão

Dia 4 – Fervedouro Bela Vista, Fervedouro do Alecrim, Cachoeira das Araras, Serra Catedral, Mirante do Morro Vermelho, retorno para Palmas com chegada prevista para 18h.

Fervedouro Bela Vista - Jalapão

Fervedouro Bela Vista – Jalapão

O Jalapão foi um lugar que me surpreendeu demais, passando rapidamente para as primeiras posições dos lugares mais lindos do Brasil. É um tesouro maravilhoso que precisa ser preservado. Espero que tenham gostado das dicas do Jalapão, qualquer dúvida podem perguntar nos comentários.

Informações:

Jalapão Selvagem

Site: https://www.jalapaoselvagem.com/

Telefone: 63 – 8401-4222

Email: jalapaoselvagem@gmail.com

Confia todos os posts do Jalapão:

Dicas do Jalapão

Jalapão – Dia 1 – Canyon Sussuapara, Rio Novo e Pedra Furada

Jalapão – Dia 2 – Cachoeira da Velha, Prainha e Dunas

Jalapão – Dia 3 – Fervedouros e Cachoeira do Formiga

Jalapão – Dia 4 – Fervedouro Bela Vista, Cachoeira das Araras e Morro Vermelho

5 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
5 Comentários
  1. […] Começando a série de relatos sobre a expedição Jalapão, vou explicar como foi o primeiro dia da viagem. Sugiro começar lendo nosso post de introdução: Dicas do Jalapão. […]

  2. […] Dicas do Jalapão […]

  3. […] Dicas do Jalapão […]

  4. Flavia Ribeiro    13/05/2017 - 10h31

    Day querida! Adorei o roteiro, já estou em contato com a Jalapão Selvagem! bjsss <3

    • Dayana    15/05/2017 - 15h58

      Obrigada Flavinha! Você vai amar o pessoal da Jalapão Selvagem e vai se encantar com as belezas do Jalapão.

Instagram
@seguindo_viagem
css.php