Fechar
Monte Roraima, Venezuela

Contratar agência ou guia para o Monte Roraima?

24 de abril de 2017

Quer saber qual a melhor forma de ir ao Monte Roraima? Nesse post eu vou mostrar as opções de como chegar ao Monte Roraima.

Para chegar no Monte Roraima é preciso contratar um guia, seja diretamente ou por meio de agências.

Há basicamente 3 formas de chegar ao Monte Roraima:

  • Contratando uma agência no Brasil
  • Contratando uma agência na Venezuela
  • Contratando um guia diretamente

Contratar uma agência no Brasil é a forma mais fácil e prática de ir ao Monte Roraima, já que você não precisa se preocupar com deslocamentos, guias, etc. No entanto, paga-se caro por essas facilidades. O pacote mais barato custa cerca de R$3.000,00

Contratando uma agência venezuelana você vai pagar mais barato, já que a nossa moeda vale mais que a deles, mas terá que se preocupar com o deslocamento até a Venezuela.

Contratar um guia diretamente é a forma mais econômica de conhecer o Monte Roraima, mas vai exigir um pouco mais de planejamento e pesquisa. Você pode montar seu próprio grupo ou tentar se encaixar em alguma saída.

Durante minha pesquisa para o Monte Roraima descobri uma agência no instagram chamada Clube Native, uma agência localizada em Boa Vista especializada em ecoturismo, que faz vários passeios bacanas pela região. O preço deles era bem mais atrativo que o da agência mais famosa e com a vantagem de sair de Boa Vista. O pacote de 6 dias custou R$1.200,00 e ainda incluía 1 dia em Santa Helena.

Uma das vantagens da agência brasileira é incluir o transporte até a Venezuela, já que a situação atual não é das melhores e eu estava preocupada em atravessar a fronteira.

Independente da opção escolhida, o valor que você paga já inclui absolutamente tudo, você não vai gastar mais nada durante o trekking. Entre os serviços incluídos estão: transporte de jipe até o início da trilha, alimentação para todos os dias (3 refeições por dia), barracas, todos os equipamentos de cozinha, carregadores dos equipamentos e do lixo produzido, banheiro portátil, taxas e autorizações de entrada no parque. Mesmo contratando o guia diretamente ele irá providenciar tudo isso pra você. E não pense que é apenas um guia, são várias pessoas que vão carregando todo o material necessário.

Você só precisa levar suas roupas, saco de dormir e isolante térmico (alguns até fornecem o saco e o isolante).

No final das contas o que eu percebi é que no geral não faz muita diferença se você contratou a agência brasileira, venezuelana ou um guia venezuelano porque quando começa o trekking efetivamente é tudo basicamente o mesmo. São os guias venezuelanos que se encarregam de tudo, eles levam e preparam a comida, levam e montam a barraca e são esses mesmos guias que as agências contratam. Os acampamentos são os mesmos para todos e não tem mais conforto ou mordomia porque você pagou mais caro. É tudo igual. O que vai variar contratando a agência é o transfer de Boa Vista até Santa Helena de Uairém e os horários de cada grupo, tem grupo que sai mais cedo que outros. O resto é tudo igual, as comidas são parecidas, o caminho é o mesmo, as paradas são as mesmas, os pontos visitados, etc.

Outra coisa que varia na expedição Monte Roraima é a quantidade de dias no topo. O pacote mais comum é de 6 dias – 3 dias para subir, 1 dia e meio no topo e 2 dias para descer. Você pode optar por ficar mais dias no topo, totalizando 8 ou até 10 dias de expedição e isso vai variar o preço também.

Muita gente fala pra ficar mais dias no topo porque tem muita coisa para ver lá no Monte Roraima, recomendam ficar no mínimo 8 dias, mas pra mim 6 dias foram suficientes. Eu já estava cansada, não ia curtir ficar mais dias não.

Eu gostei muito da experiência com a Clube Native, tudo muito bem organizado, grupo muito bacana e preço justo.

Minha recomendação é a seguinte:

Se você gosta da facilidade de ter tudo organizado por brasileiros, ter os deslocamentos Brasil – Venezuela incluídos vá com a agência brasileira. Recomendo a Clube Native, preço justo e serviço muito bom. Nosso guia foi o Nelson, que juntamente com sua equipe de carregadores Rafael e Silvio, fizeram um excelente trabalho. Todos eram muito prestativos, educados, sempre preocupados com o nosso bem estar. A comida preparada por eles era muito saborosa, bem temperada e bem servida. No fim da tarde eles passavam um café ou chocolate quente para esquentar um pouco.

Se você já tem um grupo montado e um pouco mais de tempo para organizar a viagem, pesquise e contrate um guia local, vai sair mais barato e tem a vantagem de estar entre amigos. Li alguns relatos de pessoas que fizeram um contato prévio com o guia pelo facebook e deu super certo. Aconselho a ir pra lá com um guia já acertado, para não ficar perdendo tempo procurando nem arriscar não ter nenhuma expedição para suas datas.

 

1 Comentário
Escreva seu comentário
Comente via facebook
1 Comentário
  1. […] Veja aqui as opções de agências e guias para o Monte Roraima. […]

Instagram
@seguindo_viagem
css.php