Fechar
América do Sul, Cartagena, Colômbia, Destinos Internacionais, Urbano

Cartagena

12 de março de 2014
Cartagena das Índias é um dos destinos turísticos mais visitados da Colômbia. Devido à sua localização estratégica, se tornou a principal entrada para o Caribe, o que a fez ser um constante alvo de ataques piratas. Para evitar tal invasão, a cidade foi toda cercada por muralhas, que além de protegerem a cidade, contribuiu para sua conservação.

A chamada Ciudad Amurallada foi eleita Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, por possuir um dos mais belos e conservados conjuntos arquitetônicos da América Latina.
A melhor forma de conhecer Cartagena é caminhar por suas coloridas ruas estreitas e descobrir suas belas praças, igrejas, museus, casas coloridas com sacadas floridas… Palco de vários romances do renomado escritor colombiano Gabriel García, Cartagena é uma cidade realmente encantadora.


O que motivou essa viagem para Cartagena foi uma promoção do site melhores destinos, que anunciou passagens de ida e volta do Rio de Janeiro para Cartagena por 478 reais, mais as taxas. O voo fazia conexão em Bogotá na ida e na Cidade do Panamá na volta, o que foi interessante, pois passamos um dia inteiro em cada cidade.
Após passar o dia em Bogotá, chegamos em Cartagena e fomos direto para o hotel. Ficamos no hotel Still Cartagena, porque era o hotel mais econômico próximo à muralha. O ideal era ficar dentro da muralha, mas os preços estavam muito altos e esse, apesar de ser do lado de fora, fica bem pertinho da muralha, uns 5 minutos e já estamos dentro do centrinho. O hotel é bem simples, mas tinha café da manhã e ar condicionado, o que foi bem importante porque o calor de Cartagena é cruel.
No dia seguinte passeamos pela Cidade Amuralhada, pelas suas ruas apertadas, casas coloridas e sacadas floridas. Almoçamos num restaurante típico. Caminhar à noite pelo centro histórico é ainda mais encantador. A cidade estava bem movimentada porque ia começar o Festival de Cinema deles. cartagenaA Torre del Reloj é a porta de entrada da cidade antiga. Logo atrás se encontra a Plaza de Los Coches, uma das mais importantes de Cartagena e do lado oposto, está o Portal de Los Dulces, onde há diversas barraquinhas de doces típicos. Portal de los Dulces ao fundo

No outro dia fizemos um city tour de “La Chiva”, um transporte bem interessante com muita música local. O tour começa pela parte moderna da cidade, passeando pela orla. Depois fomos até escultura Los Sapatos Viejos e Castillo de San Felipe e  por ultimo visitamos a Colina de La Popa, onde se localiza o Mosteiro de Santa Cruz e de onde se tem uma vista panorâmica da cidade.

Escultura Los Zapatos Viejos
A parte moderna de Cartagena
 
Castillo San Felipe
 Muralha
Muelle de la BodeguitaO nosso restaurante preferido em Cartagena é o Crepes & Waffles. O Waffle é delicioso,  massa levinha e com várias opções de cobertura. Minha preferida é a de chocolate. Além dos crepes e waffles, o restaurante possui uma enorme variedade de Comidinhas gostosas.
Experimentamos o Panne Cook, uma espécie de pão caseiro recheado com estrogonoffe de camarão,
delicioso e também esses enroladinhos de salmão com recheio de espinafre. Super bem servidos e com preços bons. Depois descobri que tem esse resturante em São Paulo. Porque não tem no Rio?
Panne Cook
Esse Waffle é tão bom que eu só lembrava de tirar foto quando ele já estava quase acabando, então tive que pegar essa foto no site do Crepes e Waffles.

Outro restaurante que gostamos muito foi o El Corral Gourmet, uma rede de hamburguerias muito famosa em toda Colômbia. A dica é procurar pelo El Corral Gourmet, restaurante mesmo, ao invés das lojas de shopping que são estilos fast food. O hambúrguer é muito gostoso, a dúvida é qual deles escolher, pois todos parecem ótimos.

Apesar de estar situada no mar do Caribe, as praias de Cartagena não se parecem em nada com o conceito que temos de Caribe, areia branquinha e mar azul bebê. A boa notícia é que você pode encontrar praias caribenhas fazendo um passeio de barco para as ilhas próximas de Cartagena.

Um dos passeios mais populares é o que vai até Isla del Rosario + Playa Blanca. As duas fazem parte do Parque Nacional Corales del Sur.
Para conseguir o melhor preço vá até o Muelle de la Bodeguita (fica perto da Torre del reloj, dá pra ir à pé) e negocie diretamente com um dos guichês, pois assim você não terá que pagar as comissões das agências. E vá direto pra lá, porque no meio do caminho muitas pessoas irão te oferecer os passeios e querer que você compre de qualquer jeito.  Você pode comprar o passeio para a praia pública (Playa Blanca) ou para um dos resorts que existem na ilha. O vendedor nos disse que a praia pública ficava muito cheia e com muitos ambulantes tentando vender coisas e que era melhor ir para uma praia privada. Eu preferia ir na praia pública que era mais barato, mas o Dudu não quis. Então fechamos o passeio para um resort chamado Cocoliso. Você escolhe também se quer ir de barco ou lancha rápida. Optamos pela lancha rápida, mas no final não sei se foi uma boa escolha, depois explico. Todos os passeios incluem almoço, a única coisa que precisa ser paga à parte é a taxa portuária.

No dia do passeio fomos para o porto e embarcamos na nossa lancha rápida. O caminho já é bem bonito e é legal ver a água mudando de cor e ficando mais clarinha. Chegando lá eles juntam todos para uma explicação rápida sobre o funcionamento do local, horário de almoço, atividades extras. Fui explorar o local e me decepcionei um pouco. O resort tava mais pra clube, com uma piscina e uma praia sem graça. Onde está a praia caribenha? Inconformada perguntei aos moradores / trabalhadores da ilha onde tinha uma praia bonita e ele me disse que tinha uma praia chamada Playa Bonita, a uns 8 minutos dali. Fomos então explorar a ilha e encontrar essa tal praia. Perguntando aqui e ali chegamos numa praia maravilhosa, começamos a tirar fotos, encantados pela paisagem. Foi então que alguém perguntou se estávamos procurando a Playa Bonita, e aí descobrimos que ainda não era aquela, mas que já tinha valido o esforço. Continuamos um pouco mais e descobrimos essa praia que deveria ser chamada de Linda. Entrei rapidamente naquele mar azul bebê estonteada pela beleza daquele lugar. E o melhor a praia estava quase deserta, tinha umas 3 pessoas além da gente. Eu não queria ir embora dali e voltar pro clube, ops resort, queria ficar ali o dia todo, mas tínhamos que voltar para o almoço. Voltamos para o nosso resort e o almoço já estava sendo servido. O prato era simples, arroz, file de peixe e patacón (uma espécie de banana frita), mas estava delicioso. Foi o melhor peixe que comi na Colômbia. Muito saboroso. Depois do almoço ficamos na piscina e quando foi umas 15:30h já estavam chamando a gente para voltar.

Na ida fomos na frente admirando a paisagem tirando fotos, na volta resolvemos mudar, fomos atrás, mas nos arrependemos amargamente. O mar estava batendo muito e as ondas vinham direto na nossa cara, nos molhamos muito e quem estava sentado atrás se molhava muito mais que os outros. No começo a gente riu, mas depois que a gente viu que não ia parar de molhar, começou a perder a graça. E fomos até Cartagena tomando jato de água na cara. Sério, não dava pra ficar sentado normal e não tínhamos nada para nos proteger dos ataques das ondas, ficamos abaixados o tempo todo.

Praia do Resort
 Praia que pensavámos ser a Playa BonitaChegando na Playa Bonita
 
Último dia em Cartagena, a essa altura já conhecíamos bem as ruelas e estávamos bem habituados com o clima. Acordei cedo e fui fotografar as ruas, que estavam bem vazias. O pessoal acorda tarde.  Na praça principal estava acontecendo um ensaio do Show de um cantor famoso para o Festival de Cine. A música estava ótima, ficamos assistindo um pouco e depois fomos embora.
As famosas Bolsas Colombianas – Wayuu Bags

Uma atração imperdível de Cartagena é assistir ao pôr-do-sol no Café Del Mar, um bar que fica sobre as muralhas e tem uma das melhores vistas da cidade. O lugar é bonito, a música é boa, frequentado por gente bonita e descolada. O cardápio não é muito variado, são poucas opções de bebidas, mas vale a pena pelo ambiente agradável e descontraído.

0 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
Instagram
@seguindo_viagem
css.php