Fechar
Europa, Favignana, Itália, Praia

Favignana e seus azuis encantadores

23 de julho de 2016

Em junho fiz uma viagem pela Sicília com os amigos Raquel e Leo do blog Vamos pra Onde e outro casal de amigos, o Igor e a Camila. Nossa primeira parada foi a deliciosa ilha de Favignana.

Favignana é uma pequena e encantadora ilha da Sicília, na Itália. O mar de Favignana chama a atenção pela variação de cores, que vão do azul bebê ao azul turquesa a todo momento, numa mistura fantástica de azuis.

favignana-barco (6)

A ilha é bem pequena e o principal meio de transporte por lá é a bicicleta. O centrinho é super charmosinho, cercado de restaurantes com mesas e cadeiras nas ruas, num clima bem descolado e informal.

centrinho-favignana

Como chegar em Favignana

Para chegar em Favignana eu voei até Milão e depois peguei um voo da Alitalia para Palermo. De Palermo peguei um ônibus para Trapani, que é o local de onde sai o ferry para Favignana. Foram duas horas de viagem até Trapani.

A travessia de Trapani para Favignana dura 30 minutos e é operada pela empresa Ustica Lines.

Quando ir

A melhor época para visitar a Ilha é de meados de maio a meados de outubro. Nós fomos em junho e foi ótimo porque já estava começando a esquentar e ainda não estava muito cheio.

Onde ficar

Optamos por alugar um apartamento no Airbnb e foi uma ótima escolha. O nome do apartamento no site é Centralissima Favignana e o anfitrião, Marco, foi muito atencioso e nos passou várias dicas de Favignana. A localização é perfeita, bem central mesmo e a poucos minutos do Porto onde o ferry chega, dá pra ir andando. Também tem um ótimo custo-benefício. Possui 4 quartos e acomoda até 10 pessoas, ótimo se você estiver viajando em grupo. O apartamento é lindo, todo decorado e bem equipado, com muitos utensílios domésticos. O terraço é maravilhoso, com uma linda vista. Fizemos um churrasco e queijos e vinhos, foi bem legal.

favignana (3)

Quantos dias ficar

Nós passamos 3 noites em Favignana. Se quiser conhecer as ilhas de Levanzo e Marettimo que ficam próximas a Favignana, considere ficar uns 5 dias.

O que fazer

A melhor forma de conhecer Favignana é dando a volta à Ilha, que pode ser feita tanto pelo mar quanto por terra. Nós fizemos das duas formas.

No primeiro dia alugamos um Gommoni, uma espécie de bote com motor, para dar a volta à ilha. Alugamos numa agência perto do Porto chamada Brezza Marina. O aluguel custou 90 euros mais a gasolina. Estávamos em 5 pessoas, a Raquel e o Leo do blog Vamos Pra Onde e um casal de amigos deles e foi ótimo fechar esse Gommoni só pra gente, além de ter saído um preço super em conta. Quem conduziu nosso Gommoni foi o Leo, apesar dele possuir carta, não é obrigatório ter uma. Lá é muito comum eles alugarem essa embarcações menores mesmo para quem não possui carta. Basta ter experiência e você consegue alugar um.

favignana-barco (1)

Na agência eles nos forneceram um mapa da ilha e explicaram quais eram os melhores pontos de parada para mergulho.

Iniciamos o passeio e ficamos encantados com o azul da água. Fizemos várias paradas e curtimos muito. Ficamos umas 6 horas passeando e deu pra aproveitar bem.

DCIM100GOPROG0036258.

DCIM100GOPROG0106465.

DCIM100GOPROG0096455.

DCIM100GOPROG0216610.

favignana-barco (3)

favignana-barco (4)

favignana-barco (5)

favignana (1)

No segundo dia alugamos uma bicicleta numa loja no centrinho de Favignana. A diária da bike custou 5 euros. É bem fácil circular pela ilha, tem várias placas informando os principais pontos de interesse.

DCIM100GOPROG0016783.

Nossa primeira parada foi a Calla Rossa, uma praia lindíssima com uma tonalidade de azul surreal. Não é à toa que essa praia é o principal cartão postal de Favignana. A vista do alto é de tirar o fôlego, ficamos admirados. A Cala Rossa é considerada uma das melhores praias da Europa.

favignana (5)

favignana (4)

Em seguida fomos para Bue Marino, um local extraordinário, com várias grutas e formações rochosas interessantes. O mar aqui é delicioso e tem uma mistura de cores incrível.

bue-marino-favignana (1)

Ficamos um bom tempo curtindo por aqui. O acesso ao mar é pelas pedras, por isso é aconselhável ir com um calçado apropriado para não machucar os pés, como uma sandália de borracha fechada ou aquelas sapatilhas de neoprene. Uma ótima dica é levar uma bóia para relaxar no mar.

bue-marino-favignana (2)

bue-marino-favignana (3)

DCIM100GOPROG0247230.

Fizemos várias paradas no caminho para admirar e fotografar o incrível mar de Favignana.

DCIM100GOPROG0307449.

Por último fomos para Cala Azzurra, uma praia azul bebê maravilhosa. Essa praia possui uma pequena faixa de areia, diferente das outras cujo acesso é pelas pedras. Gostamos muito dessa praia, a água é muito transparente e a praia é rasinha e calma.

DCIM100GOPROG0347558.

Logo na chegada tem uma lanchonete, onde fizemos uma parada para comer alguma coisa e depois fomos curtir a praia.

DCIM101GOPROG0437812.

DCIM100GOPROG0027942.

DCIM100GOPROG0027905.

DCIM100GOPROG0027988.

O centrinho de Favignana é ótimo para passear à noite, jantar em algum restaurante legal e tomar um gelato.

Favignana deixou um gostinho de quero mais, ficamos com vontade de repetir algumas praias, queria ter mais alguns dias para curtir com calma, mas ainda tínhamos que seguir para Taormina e depois para Lampedusa.

1 Comentário
Escreva seu comentário
Comente via facebook
1 Comentário
  1. […] Favignana […]

Instagram
@seguindo_viagem
css.php