Fechar
Dicas de Viagem, Dicas para economizar, Planejamento

Como viajar gastando pouco

20 de fevereiro de 2017

Se você acha que viajar é só pra quem tem dinheiro sobrando, você precisa ler esse post e descobrir algumas dicas de como viajar gastando pouco. Comece a planejar sua viagem agora mesmo.

como-viajar-gastando-pouco

  1. Pesquise muito

Pesquise muito o destino que você vai viajar, leia blogs, sites, revistas, fóruns, pegue dicas com quem já foi, tire dúvidas. Pesquise como chegar, o que tem pra fazer, quais são as melhores atrações e passeios imperdíveis. Olhe o mapa do lugar e já comece a se localizar, onde fica seu hotel, como chegar no seu hotel. Tudo mesmo.

Eu gosto muito de ler blogs de viagens e o fórum mochileiros.com, que tem relatos ricos em detalhes de quem acabou de chegar do lugar. É muito bom. Os viajantes dão muitas dicas pra você evitar cair em furadas, dicas do que você não pode deixar de fazer

  1. Cadastre-se nos sites de promoções

Hoje em dia existem muitos sites que estão o tempo inteiro buscando promoções de passagens aéreas, Melhores Destinos, Passagens Imperdíveis, Viajando Barato pelo Mundo, etc.

Você cadastra seu email e eles irão te manter informado das melhores promoções de passagens. Alguns desse sites já possuem aplicativos para celular, o que é ainda melhor, pois você fica sabendo ainda mais rápido. E quando a promoção aparecer não demore, elas não costumam durar muito. Eu já consegui aproveitar duas promoções ótimas, Japão e Namíbia.

  1. Compare preços das passagens

Use a abuse desses sites buscadores de passagens, como skyscanner, kayak, viajanet, submarino viagens, eles vão te mostrar qual é a empresa aérea que está com o melhor preço. Evite deixar pra comprar muito perto da viagem. Verifique se é possível emitir sua passagem por milhas.

  1. Economize na hospedagem

Hostel – Não tenha preconceito, existem muitos hostels bons por aí e às vezes melhores que pousadas. É um tipo de hospedagem muito comum lá fora, pessoas de todas as idades se hospedam em hostels.

A maior vantagem de ficar em hostel é ter a oportunidade de conhecer pessoas bacanas, desapegadas, que viajam muito e levam a vida de uma forma leve. Você vai encontrar pessoas que estão viajando sozinhas como você e já vai começar a fazer amizades e se quiser companhia para algum passeio poderá já combinar alguma coisa. Vai poder pegar dicas do lugar, qual passeio é bom, qual é dispensável, qual é furada.

Eu costumo ficar em quarto compartilhado, mas alguns hostels possuem quartos privados também.

O clima de hostel é muito legal, tem uma vibe muito boa. A área comum é sempre movimentada e as pessoas estão sempre dispostas a conversar. Alguns hostels são mais calmos, outros tem mais festas à noite, você pode escolher o que te agrada mais.

Outra vantagem é que os hostels normalmente são muito bem localizados, centrais, perto de restaurantes, mercados etc.

Além de tudo isso você ainda economiza porque os preços de hostels são bem mais baratos que hotéis, principalmente se você ficar em dormitório a diferença de preço é absurda. Não tenha preconceito, fique uma vez num quarto compartilhado para saber como é, tenha essa experiência.

Já viajei pra lugares que só o hostel já valeu a viagem. A integração das pessoas, saber suas histórias, é gente do mundo todo ali, você vai fazer amizades que você não vai esquecer nunca mais.

Couch Surfing – O Couch surfing é um tipo de hospedagem onde as pessoas ficam gratuitamente na casa de um morador local, uma pessoa disposta a oferecer uma vaga na sua casa, que pode ser um quarto, uma cama ou até um sofá (daí o nome Surfando no Sofá). Essa pessoa se cadastra no site oferecendo a vaga e você se cadastra procurando uma vaga. É tudo bem seguro, você pode ler as recomendações de quem já se hospedou naquela casa e escolhe a que mais gostar. O mais importante aqui não é nem a economia que você vai fazer e sim a troca de experiências fantástica que você terá ficando na casa de um local. Além de não gastar nada você ainda faz amizade, tem a oportunidade de conviver com alguém local, que pode te dar as melhores dicas da cidade e até te fazer companhia depedendo da disponibilidade.

  1. Escolha um destino barato

Procure viajar para um lugar que o nosso dinheiro seja valorizado e evite lugares muito caros. Por exemplo, a Noruega é um país bem caro, nosso dinheiro não vale nada lá. Por outro lado, países da Ásia como a Tailândia são bem mais baratos.

  1. Viaje na Baixa Temporada

Se possível, evite viajar na época das férias escolares e festas como ano novo, carnaval, principalmente no Brasil que é quando os preços sobem bastante. Viajar na baixa, além de ser mais econômico, é muito mais tranquilo, mais fácil encontrar hospedagem, o lugar fica mais vazio.

Se você só tiver como viajar nessas datas, procure ter o máximo de antecedência e planejamento, assim você poderá conseguir um preço melhor.

  1. Compre comida no mercado

Dá pra economizar bastante na alimentação fazendo compras em supermercados e preparando a própria comida. Em hostel isso é muito comum, a maioria deles possui cozinha coletiva e você vai ver muita gente fazendo sua própria comida. Uma boa oportunidade de comer uma comidinha saudável e não sair da dieta.

  1. Peça o Menu do Dia

Muitos restaurantes oferecem um prato com um preço especial, é o famoso Menu do Dia. Com isso, você consegue economizar muito na conta do restaurante. Procure evitar os restaurantes das proximidades dos principais pontos turísticos ou nas ruas principais. Procure pelos restaurantes nos arredores, nas ruas mais escondidas.

Outra forma de economizar é comprando comida em lojas de conveniência que oferecem refeições para levar por um preço bem em conta.

  1. Explore por sua conta

Outra dica de como viajar gastando pouco é explorar por sua conta. Ande pela cidade à pé, procure fazer aqueles Free Walking Tours, que são passeios gratuitos com guia à pé pelos principais pontos da cidade, o que te faz já ter uma visão geral do lugar. No final eles pedem uma gorjeta e tenho certeza que você vai querer dar com o maior prazer, porque normalmente eles são muito simpáticos e legais.

Explore o máximo por sua conta, ande à pé, alugue uma bicicleta. Eu adoro fazer isso, sempre que chego no lugar já procuro me informar se dá pra ir de bike. É muito mais legal.

Se o tempo for curto ou as distâncias forem longas até compensa contratar um passeio, mas se informe antes se não dá pra ir por conta própria. Você economiza e ainda faz seu tempo, porque a pior coisa são essas excursões que te dão 10 minutos pra você ver o lugar e já partem para o próximo.

  1. Use o transporte público

Fuja dos táxis, principalmente do aeroporto para o hotel, a não ser que não haja outra opção por causa do horário. Procure saber se existem ônibus para o centro da cidade, vá até o balcão de informações, a maioria dos principais aeroportos tem um transporte público bem mais barato que o táxi.

  1. Leve pouca bagagem

É muito mais fácil se virar nos transportes públicos se você estiver com pouca bagagem. Imagina andar pelas ruas, subir escadas, ter que pegar ônibus, trem, metrô lotado com uma mala gigante. Você vai se cansar e vai querer logo chamar um táxi, gastando muito mais do que precisa. É bem melhor viajar leve.

  1. Pesquise sobre a melhor forma de levar dinheiro

Faça uma pesquisa sobre a moeda do país e veja o que é mais vantajoso, se é levar dólar pra trocar lá, se é melhor usar o cartão de crédito ou sacar no caixa eletrônico.

Fuja sempre das casas de câmbio de aeroportos e rodoviárias. Saque a moeda local no caixa eletrônico ou troque apenas uma pequena quantidade para os primeiros gastos. Depois procure um banco para trocar uma quantia maior ou se não tiver tempo de ir ao banco, procure uma casa de câmbio com uma boa cotação. A diferença de câmbio pode ser muito grande de uma para outra.

  1. Viaje de madrugada

Para longas viagens de ônibus escolha o horário noturno, assim você não perde tempo e ainda economiza na hospedagem. Eu prefiro viajar à noite porque consigo dormir a viagem inteira e sinto que não estou perdendo tempo na estrada. As passagens aéreas para vôos na madrugada costumam ser mais baratas também.

Se você gostou das nossas dicas, compartilhe! Deixe sua dica de como viajar gastando pouco nos comentários.

Leia também nosso post sobre Como criar coragem para viajar sozinho.

 

3 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
3 Comentários
  1. nataliana    22/02/2017 - 21h08

    Ótimas dicaaaaaas, estou smp buscando tirar minhas dúvidas sobre determinado assunto e esse me ajudou a tirar uma que eu estava a algum tempo.

    • Dayana    23/02/2017 - 09h52

      Que bom que gostou! Fico feliz em poder ajudar de alguma forma. Se tiver mais alguma dúvida é só falar.
      Beijos

  2. […] Como viajar gastando pouco […]

Instagram
@seguindo_viagem
css.php