Fechar
Guia de Manaus, Manaus

Caverna do Maroaga e Gruta da Judéia

14 de fevereiro de 2017

A Caverna do Maroaga e a Gruta da Judéia são os dois lugares mais impressionantes para conhecer em Presidente Figueiredo, município a 108 km de Manaus. Belas cachoeiras em meio à vegetação e misteriosas grutas e cavernas fazem desse lugar um passeio imperdível para quem está em Manaus.

Conheça nosso Guia de Manaus.

Como chegar na Caverna do Maroaga

Para chegar basta seguir pela BR 174 que liga Manaus a Boa Vista e depois pela AM 240, estrada que vai para Balbina, na altura do km 6. Tem uma placa indicando a entrada do local.

Quando ir na Caverna do Maroaga

A melhor época para visitar o local é durante a cheia dos rios, que vai de fevereiro a junho. No período de seca as cachoeiras ficam com pouca água e até desaparecem. Informe-se antes com os guias sobre a situação das cachoeiras.

Chegando lá é preciso contratar um guia para seguir até a caverna. Isso porque o lugar está dentro de uma área de proteção ambiental e a presença de guia é obrigatória. O guia pode ser contratado no Centro de Atendimento ao Turista (CTA) de Presidente Figueiredo ou na entrada do local.

Os guias cobram o valor fixo e tabelado de R$100,00 para grupos de até 5 pessoas. Independente se você está sozinho, com 2 ou 3 pessoas terá que pagar esse valor.

Achei muito injusto cobrar um valor tão alto para um passeio tão simples. As trilhas são curtas e muito fáceis. Minha filha de 5 anos fez sem nenhuma dificuldade. O passeio completo dura menos de duas horas e as trilhas não demoram mais do que 20 minutos.

A trilha até a Caverna do Maroaga leva cerca de 20 minutos. O percurso é de nível fácil e pode ser feito com crianças. No caminho o guia vai mostrando a vegetação local, conhecemos o Breu Branco, usado em vários produtos da Natura, Pau Rosa, usado pela Chanel n°5, uma planta conhecida como vick da natureza e muitas outras curiosidades.

Chegando no local ficamos encantados com a beleza do cenário, uma bela cachoeira e ao fundo o enorme paredão da caverna.

Aproveitamos para tomar um banho refrescante de cachoeira.

Depois fomos para o interior da caverna, poucos passos dados e a escuridão já era absoluta. O chão é formado de areia e o local tem um cheiro desagradável devido às fezes dos morcegos, por isso também não é aconselhável tomar banho na água que está no solo, apenas na queda d’água.

A vista do interior da caverna é espetacular. A entrada possui o incrível formato de um portal e a queda d’água com a vegetação no fundo formam uma imagem fantástica.

A caverna possui vários túneis e galerias no seu interior, e, segundo a lenda, teria sido usada como esconderijo pelos índios da tribo Waimiri-Atoari e seu líder Maroaga na década de 70 durante um ataque ao acampamento dos militares que construíam a rodovia BR-174, que liga Manaus a Boa Vista.

caverna-do-maroaga

Depois da Caverna do Maroaga o passeio continua até a Gruta da Judéia. O caminho é por um trecho encharcado com água na altura do meio da canela mais ou menos e circula a enorme formação rochosa. O ideal é levar um chinelo ou seguir descalço para não molhar o tênis.

O trajeto é curtinho, cerca de 15 minutos e logo chegamos na entrada da Gruta da Judéia.

A Gruta é bem aberta e possui uma queda d’água bem no centro, que forma uma piscina rasinha e varia de acordo com a época de cheia dos rios. Nós fomos em março e estava com bastante a água.

A água possui uma cor linda e quando iluminada pelo sol ganha um tom dourado maravilhoso.

No teto vários cipós pendurados e filetes de água caindo na nossa cabeça.

Apesar de ser um pouco caro, vale a pena conhecer a Caverna do Maroaga e a Gruta da Judéia, são lugares lindíssimos e super diferentes.

Veja também outras dicas sobre o que fazer em Manaus.

Informações:

Caverna do Maroaga e Gruta da Judéia

Endereço: AM – 240 km 6

Entrada: R$ 100,00 para grupos de até 5 pessoas

Leve tênis, chinelo, repelente e água

Melhor época: fevereiro a junho

0 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
Instagram
@seguindo_viagem
css.php