Fechar
Ecoturismo, Hotéis, Manaus

Hotel de Selva na Amazônia – Dolphin Lodge

09 de setembro de 2016

Já imaginou se hospedar num hotel de selva no meio da floresta amazônica e viver uma experiência totalmente diferente e enriquecedora? E o melhor, sem abrir mão do conforto, comendo bem e em contato com a natureza? Então se liga nessa dica de hospedagem que eu vou mostrar pra vocês.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-18

Esse fim de semana fomos conhecer o Dolphin Lodge, um hotel de selva a 120 km de Manaus, localizado em uma região totalmente preservada e rodeado de animais da região amazônica, como botos, pássaros, macacos e jacarés.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-12

Como chegar no Hotel de Selva

O translado é feito pela equipe do Dolphin Lodge, que pega o hóspede no próprio hotel ou aeroporto e leva até o Porto do Ceasa, onde embarcamos numa lancha rápida por 20 minutos até a Comunidade Careiro, fazendo uma rápida parada no Encontro das Águas. Em seguida continuamos de van/micro-ônibus por cerca de 1 hora pela BR 319 (que liga Manaus a Porto velho) e depois pelo ramal do 14 até a margem do Rio Mamorí. No caminho há uma parada para fotografar a Vitória Régia.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-1

Por fim embarcamos numa lancha rápida e seguimos mais 25 minutos pelo Rio Mamorí até o Dolphin Lodge.

Sobre o hotel

O hotel foi construído na antiga residência de Adail Gomes da Silva, mais conhecido como Mocinho. A história do Lodge é bem interessante, o Sr Adail nasceu aqui e começou a trabalhar como guia de turismo em 1987 e depois teve a ideia de montar o Lodge para ajudar a comunidade onde cresceu. O Lodge funciona desde 2005 e gera emprego para muitos moradores da região.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-16

A ocupação do Lodge é feita baseando-se no turismo sustentável, com foco na preservação ambiental. O hotel não domestica animais, eles prezam por deixar os animais livre no seu habitat natural, sem interferência humana.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-11  hotel-de-selva-dolphin-lodge-13

Cabanas

As cabanas são feitas de madeira com telhado de palha e decoração rústica. As janelas são teladas e as camas possuem mosquiteiros.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-15

hotel-de-selva-dolphin-lodge-3

hotel-de-selva-dolphin-lodge-4

No total são 6 quartos duplos e 2 triplos localizados em terra firme e 4 bangalôs sobre o rio no estilo palafita. Todos os quartos possuem ventilador, banheiro privativo e varanda com vista para o rio.

O hotel possui eletricidade 24 horas (110 volts). Eles possuem gerador em caso de falta de energia.

O período de cheia dos rios vai de março à agosto. E o período de seca vai de setembro à fevereiro.

Os quartos bangalôs ficam sobre o rio somente durante a cheia dos rios, de março à agosto.

Não há sinal de celular, nem internet. A dica é levar um livro e aproveitar para descansar e curtir a natureza.

O Lodge possui um chapéu de palha com redes para descanso.

 No pacote estão incluídos passeios pela floresta amazônica com guias nativos da região.

Existem vários pacotes disponíveis com 2, 3, 4 e 5 dias e também pacotes de sobrevivência na selva de 6 e 12 dias.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-17

hotel-de-selva-dolphin-lodge-38

Chegamos no Dolphin Lodge por volta das 11h e fomos recebidos com um drink de boas vindas, uma caipirinha bem brasileira.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-2

hotel-de-selva-dolphin-lodge-14

Às 12h foi servido o almoço no restaurante, arroz, feijão, salada, peixe (Pirarucu) e frango. De sobremesa mousse de cupuaçu. Tudo delicioso e com gostinho bem caseiro.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-6

hotel-de-selva-dolphin-lodge-5

Após o almoço descansamos um pouco e às 15h saímos para o passeio de Reconhecimento da área. O passeio é feito numa canoa motorizada pelo rio e pelos canais por dentro da floresta. No início do passeio é feita uma parada para observação de botos, que dão um show saltando de um lado pro outro.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-24

O passeio é muito interessante, passando bem pertinho da mata e observando os animais, vimos muitos pássaros e até um Mata-mata, uma espécie rara de tartaruga muito diferente. Ela tem um cheiro horrível! hotel-de-selva-dolphin-lodge-25

hotel-de-selva-dolphin-lodge-26

Voltamos para o hotel por volta das 18h e fomos surpreendidos com um lindo pôr-do-sol.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-27

Às 19h foi servido o jantar e logo após saímos novamente para outro passeio, focagem de jacaré e observação de animais noturnos. O movimento dos animais é maior durante à noite, horário que eles saem para caçar. É um festival de barulhos de vários bichos no meio da escuridão. O guia Mocinho rapidamente avistou um jacaré Caiman e pegou para nos mostrar.       hotel-de-selva-dolphin-lodge-7

No dia seguinte tomamos um delicioso café da manhã regional com pães, frutas, ovos, café, leite e suco.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-8

hotel-de-selva-dolphin-lodge-9

O guia Mocinho foi com o grupo fazer a Caminhada na selva, uma caminhada de cerca de 3 horas pela floresta para aprender mais sobre a biodiversidade amazônica. Como eu estava com a minha filha de 5 anos, não fiz esse passeio, ficamos no hotel curtindo um banho de rio. Fizemos um passeio de canoa e depois ficamos brincando de pular do deck. hotel-de-selva-dolphin-lodge-10

hotel-de-selva-dolphin-lodge-29  hotel-de-selva-dolphin-lodge-36

hotel-de-selva-dolphin-lodge-28

hotel-de-selva-dolphin-lodge-30

hotel-de-selva-dolphin-lodge-31

hotel-de-selva-dolphin-lodge-32

hotel-de-selva-dolphin-lodge-33

hotel-de-selva-dolphin-lodge-34

hotel-de-selva-dolphin-lodge-35

Após o almoço, descansamos e às 15h fomos para a Pescaria de Piranha. Eu consegui pescar uma piranha e até a Duda conseguiu pescar uma também. Depois eu não fiquei tentando mais não porque fico com pena de machucar a boca delas.

pescaria-piranha-93

Retornamos para o hotel, jantamos e fomos descansar cedo.

No nosso último dia no Dolphin Lodge fomos visitar a casa da Seringa para ver o processo de extração do látex da Seringueira, e defumação para sua transformação em borracha.

casa-da-borracha-22

Bem interessante ver o látex saindo da seringueira e como eles fazem para transformá-lo em borracha.

casa-da-borracha-28

Também ouvimos um pouco das histórias sobre as dificuldades que os trabalhadores enfrentavam na selva, muitos morriam por doenças ou assassinados quando tentavam ir embora.

Depois voltamos e curtimos mais um pouco até a hora do almoço.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-22

hotel-de-selva-dolphin-lodge-23

Após o almoço retornamos para Manaus pelo mesmo itinerário. Chegamos por volta das 16h.

Foi um final de semana muito divertido, onde aprendemos mais um pouco dessa região tão rica do nosso país. Todos deveriam conhecer e se encantar com as belezas da Amazônia.

 

Os pacotes incluem:

Pensão completa (Café da manhã, almoço, jantar). Exceto bebidas.

Transporte do Aeroporto ou Hotel em Manaus para o Dolphin Lodge e retorno para Manaus (Aeroporto ou Hotel).

Guia de turismo bilíngue (Português, Espanhol, Inglês).

Excursões de acordo com o pacote reservado.

Hospedagem (quarto com banheiro privativo).

Serviço de quarto.

O que levar para um Hotel de Selva

É recomendado levar repelente contra insetos, óculos de sol, chapéu ou boné, roupas confortáveis, chinelo, capa de chuva, binóculos e lanterna.

Para a caminhada na selva é recomendado levar calça comprida, camisa de manga comprida e tênis. Se possível levar roupas escuras e que se camuflem com o meio ambiente, como verde e preto, por exemplo, para não afugentar os animais.

Eles pedem também para levar pouca bagagem para facilitar o transfer, o excesso de bagagem pode ser deixado na agência em Manaus.

As excursões são realizadas em grupos. Até 8 pessoas por guia. Capacidade do hotel: 30 pessoas.

Há um telefone no Lodge que funciona conectado a uma antena. Telefone: + 55-92-98809-1684.

hotel-de-selva-dolphin-lodge-20

Vale muito a pena viver a experiência de se hospedar em um hotel de selva na Floresta Amazônica.

Informações

SITE: www.dolphinlodge.tur.br

E-MAIL: mocinhodolphinlodge@hotmail.com

TELEFONE: (92)3663-0392 / (92)8838-5862

ENDEREÇO: ROD BR 319, Margem esquerda do Rio Paraná do Mamorí, CEP 69250-000, CAREIRO – AM.

COMENTÁRIOS TRIPADVISOR: https://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g1984154-d1978390-Reviews-Dolphin_Lodge-Careiro_State_of_Amazonas.html

IMAGENS: http://dolphinlodge.tur.br/site/gallary/?lang=pt

1 Comentário
Escreva seu comentário
Comente via facebook
1 Comentário
  1. […] atividade muito comum entre os visitantes é a pescaria de piranha. As crianças […]

Instagram
@seguindo_viagem
css.php