Fechar
Lago

Volta ao Lago Llanquihue – Puerto Varas

10 de agosto de 2016

Os arredores de Puerto Varas são cheios de belezas naturais, estradas cinematográficas e muitas opções de atividades ao ar livre. A melhor forma de conhecê-las é fazendo o Circuito Lago Llanquihue, que é uma volta pelo lago parando nos vários atrativos pelo caminho, Vulcão Osorno, Saltos Del Rio Petrouhé, Lago todos Los Santos.

puerto-varas-chile-41

Os mais aventureiros podem fazer trekking no Vulcão Osorno, rafting no Rio Petrohué e passear de caiaque pelos lagos Llanquihue e Todos Los Santos.

puerto-varas-chile-29

Em Puerto Varas tem várias agências que oferecem esse passeio, mas também é possível fazer o percurso por conta própria.

Nós achamos melhor alugar um carro para ter mais liberdade de parar onde quiser e fazer tudo no nosso tempo. O preço do aluguel compensou para nós duas.

puerto-varas-chile-5

O caminho é bem fácil, é só ir beirando o lago e seguir as placas para Ensenada e Petrohué. Há vários mirantes pelo caminho e claro, fomos parando em todos.

 puerto-varas-chile-7 puerto-varas-chile-8 puerto-varas-chile-9

puerto-varas-chile-30

puerto-varas-chile-6

Depois pegamos o caminho para o vulcão Osorno. Dá pra chegar na base do vulcão de carro e de lá dá pra subir de teleférico ou à pé mesmo.

puerto-varas-chile-2

puerto-varas-chile-10 puerto-varas-chile-11

Começamos subindo à pé sem rumo e no meio do caminho não conseguimos mais continuar por causa do gelo. Depois percebemos que tinha um caminho todo preparado à direita e a gente estava subindo pelo caminho errado. A vista lá em cima é espetacular.

puerto-varas-chile-16

puerto-varas-chile-12

puerto-varas-chile-13

puerto-varas-chile-15

puerto-varas-chile-38

puerto-varas-chile-39

puerto-varas-chile-14

puerto-varas-chile-1

Em seguida descemos e pegamos a estrada até o Parque Vicente onde estão os famosos Saltos del Rio Petrouhé.

puerto-varas-chile-17

A entrada é gratuita, só nos cobraram o valor do estacionamento (1.000 pesos). Dentro do Parque tem banheiro e lanchonete. Tem uma agência de turismo na recepção que vende várias atividades como caiaque, tirolesa, bike, rafting.

puerto-varas-chile-18

puerto-varas-chile-19

Para ver as belezas do parque é só seguir as duas trilhas, uma que leva até as passarelas e outra que é a trilha dos enamorados. A mais importante é a trilha das passarelas, uma espécie de Foz do Iguaçu em menor proporção de onde se tem a vista mais linda dos saltos cor de esmeralda e o Osorno ao fundo. O dia estava perfeito e a visibilidade era ótima, mas para nossa infelicidade as passarelas estavam em manutenção e não conseguimos ter a vista completa dos saltos. Só consegui chegar nesse ponto da foto. Não existia mais passarela depois disso, só um buraco.  puerto-varas-chile-20

puerto-varas-chile-21

puerto-varas-chile-22

puerto-varas-chile-33

puerto-varas-chile-36

puerto-varas-chile-37

Depois pegamos a trilha dos enamorados e chegamos bem pertinho do rio.

puerto-varas-chile-23

puerto-varas-chile-3

Depois seguimos mais um pouco até acabar o asfalto e começar uma estrada de terra. Essa estrada termina no Lago Todos Los Santos, que tem esse nome porque foi descoberto no dia 01 de novembro, dia de todos os santos. O lago tem uma cor esverdeada linda, proveniente do glaciar Cerro Tronador, que fica na fronteira entre o Chile e a Argentina.

puerto-varas-chile-24

puerto-varas-chile-25

Chegando lá, fizemos um passeio de lancha pelo lago. A navegação é rapidinha, dura 30 minutos só e o visual é belíssimo. Uma pena termos chegado tarde aqui, o Osorno ficou contra o sol e não deu pra fazer boas fotos.

puerto-varas-chile-4

puerto-varas-chile-35

Nota: Essa navegação faz parte do Cruce Andino, que cruza o Chile e a Argentina. Quem faz o cruzeiro passa por esse lago obrigatoriamente, então não precisa fazer esse passeio. Assim como não precisa fazer a navegação a Puerto Blest em Bariloche. Nós optamos por fazer os passeios separados e cruzar a fronteira de ônibus.

Depois do Lago voltamos para a estrada e seguimos até Frutillar (voltamos para Puerto Varas que era mais rápido do que continuar dando a volta pelo lago). Chegamos lá e curtimos um entardecer lindo, que deixou o vulcão com essas cores.

A orla de Frutilar é uma gracinha, cheia de referências musicais e mirantes fofos. No final da orla está o famoso Teatro do Lago, onde acontece diversos festivais musicais.

De Frutillar voltamos para Puerto Varas mortas, mas com a missão cumprida.

Dica: O tempo demora a abrir em Puerto Varas, então confie na previsão e saia cedo porque assim que sair de Puerto Varas o sol já estará brilhando.

Nós demoramos um pouco pra sair e nos arrependemos, o sol já estava bombando no caminho desde cedo.

Dica de ouro: Saia cedo de Puerto Varas e vá direto para o Lago todos los Santos sem parar pelo caminho. Assim você chega lá pela manhã para fazer os passeios no lago com o vulcão iluminado pelo sol. Depois volte pelo mesmo caminho parando nos saltos Del Petrouhé, Vulcão Osorno e nos mirantes pelo caminho.

Se sobrar tempo e disposição, estique até Frutilar, que é mais perto a partir de Puerto Varas do que dando a volta no Lago.

 

No útimo dia em Puerto Varas, nós tínhamos o dia todo para aproveitar antes de seguir viagem para Pucón. Nossa passagem para Pucon era às 17:30h. Negociamos devolver o carro próximo do horário do ônibus pagando meia diária a mais e descobrimos que poderíamos entregar o carro no terminal de onde sairia nosso ônibus. A previsão era de sol e o dia estava mais bonito que o anterior, com o céu mais limpo e azul e o Osorno mais visível.

Pegamos o carro e fomos direto para o Lago todos los Santos para andar de caiaque e pegar o Osorno iluminado do lado certo, já que no dia anterior nós chegamos tarde e o Osorno estava contra o sol.

Valeu a pena chegar cedo, é outra vista sem o sol na cara dele. Além disso, o vento é mais calmo de manhã cedo.

puerto-varas-chile-28

   puerto-varas-chile-26

puerto-varas-chile-27      puerto-varas-chile-34

Depois voltamos parando pelo caminho para aproveitar que a visibilidade estava melhor e fazer mais fotos do Osorno.

Devolvemos o carro e seguimos viagem até Pucon.

2 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
2 Comentários
  1. Ana Lima    25/09/2017 - 11h34

    Oiii!Estou programando a minha lua de mel para essa região em Dezembro. Que época vcs foram que usaram short? Uma amiga esteve em janeiro e morreu de frio assim mesmo! Vou ler os outros posts ainda.. mas quantos dias você indica para ficar em Puerto Varas?
    Vocês foram até Peulla?
    Belo post.. aa fotos do vulcão,mesmo contra o sol, estão lindas!!

    • Dayana    25/09/2017 - 14h00

      Oi Ana, que legal, você vai amar essa região. Nós fomos em novembro e já estava começando a fazer calor. Pela manhã era frio, mas quando o sol saía fazia calor. Em Puerto Varas você pode ficar uns 3 a 4 dias dependendo dos passeios que você queira fazer. O bom de reservar um pouco mais de dias é para poder ter mais chances de pegar dias bonitos e ver os vulcões. Não fomos até Peulla não, só até o Lago todos los Santos.
      Que bom que gosto do post e das fotos. Muito obrigada. Beijos e boa viagem!

Instagram
@seguindo_viagem
css.php