Fechar
França, Neve

Dicas de Courchevel

15 de Março de 2018

Courchevel é um exclusivo resort de esqui localizado na região dos Alpes Franceses e  frequentada por vários ricos e famosos do mundo todo. Mas não é só celebridade que pode conhecer Courchevel não, confira nesse post algumas dicas de Courchevel e descubra que é possível se hospedar por lá sem gastar um rim.

Dicas de Courchevel

Dicas de Courchevel

Com seus hotéis-palácio, restaurantes estrelados e as lojas de grife mais exclusivas, Couchervel é considerada a estação de esqui mais luxuosa do mundo e o destino de inverno preferido de famosos como o David e Victoria Beckham e o príncipe William e sua família.

Dicas de Courchevel

Fui para Courchevel com um grupo de amigos aproveitando a viagem para Val Thorens no carnaval. Ficamos dois dias por lá e depois seguimos para o Club Med, onde passamos uma semana praticando snowboard.

O lugar esbanja charme e luxo, com seus chalés de madeira e os telhados cobertos de neve. E não era pouca neve não, era uma camada bem espessa, nunca tinha visto nada igual.

Dicas de Courchevel

Dicas de Courchevel

Dicas de Courchevel – Localização

Courchevel integra o gigantesco complexo Les Trois Vallées, a maior área esquiável interligada do mundo, com 600 km de pistas. Ao todo são oito estações interligadas por mais de 160 teleféricos e as principais são Courchevel, Méribel e Val Thorens.

São 339 pistas (53 verdes, 140 azuis, 112 vermelhas e 34 pretas) e mais de 85% da área de ski está situada acima de 1800 metros, o que garante uma boa qualidade da neve.

Dicas de Courchevel – Como chegar

Os aeroportos mais próximos de Courchevel são em Lyon (187 km) e em Genebra (149km). Do aeroporto você pode pegar um transfer ou ônibus até Courchevel.

Também é possível ir de trem até a estação mais próxima, Moûtiers, que fica a 24km de Courchevel.

Nós pousamos no aeroporto de Genebra e depois pegamos um transfer para Courchevel. A viagem dura cerca de 2 horas.

Dicas de Courchevel – Melhor época para visitar

A temporada de neve em Courchevel começa em dezembro e vai até início de abril. Para economizar evite o período de alta temporada, que são as férias escolares, natal e ano novo e o mês de fevereiro, quando os preços dos hotéis costumam dobrar.

Dicas de Courchevel

A estação compreende cinco vilarejos, Courchevel 1100 (Saint-Bom), Courchevel 1300 (Le Praz), Courchevel 1550, Courchevel 1650 e Courchevel 1850. Os números correspondem às suas altitudes em metros. Quanto mais alta, mais exclusiva e cara também.

Existem ônibus que circulam entre elas o dia todo, e o melhor, são de graça! Pelo menos você vai economizar nessa parte.

A Courchevel 1850 concentra os melhores hotéis, restaurantes e a maior quantidade de grifes importantes por metro quadrado, sendo considerada o resort de esqui mais luxuoso do mundo.

Só as lojas mais tops, uma do lado da outra.

A fachada dos hotéis é a coisa mais linda. Todos os hotéis de Courchevel 1850 são Ski In / Ski Out, que é quando você já sai do hotel esquiando.

Restaurantes na Courchevel 1850.

Nós ficamos na Courchevel 1650 (Moriond), que é mais central e não tão cara quanto a 1850.

Dicas de Courchevel – Onde se hospedar

Nós ficamos hospedados na Courchevel 1650, que tem preços mais acessíveis e mostra que o destino não é só para os milionários não e dá para os meros mortais conhecerem.  Alugamos um apartamento no Airbnb, o La Residence.

Adoramos nosso apartamento, lindo, novinho e super aconchegante. O apartamento tinha 3 quartos, sala espaçosa, cozinha e varandinha.

Foi ótimo ficar no apartamento, fizemos comidinhas, tomamos vinho, assistimos os jogos de inverno e papeamos bastante.

Pra chegar na rua principal era só pegar essa escada rolante que ficava do lado do nosso apartamento. Muito prático.

Na Courchevel 1650 tem lojas esportivas, mercado e alguns restaurantes. Lá não é o lugar mais indicado para você  comprar seu equipamento, vi poucas opções e achei os preços bem salgadinhos. Por lá também tem lojas de aluguel de equipamento de ski / snowboard, mas eu preferi deixar pra esquiar só lá no Club Med Val Thorens mesmo e optei por alugar por lá. Paguei 113 euros pelo equipamento de snownoard por 6 dias.

Mesmo assim vale a pena dar uma garimpada nas promoções e tentar achar alguma coisa com preço legal. Mas promoção sabe como é, tem que dar sorte de ser o seu tamanho e você gostar. Eu dei sorte e achei um ótimo casaco de neve da Oakey com 50% de desconto (100 Euros). Eu não tinha nenhum casaco e tava precisando, então achei que valeu a pena. O casaco é ótimo, segura bem o frio, na maioria das vezes eu ia só com a segunda pele por baixo.

Não tem jeito, o melhor lugar pra comprar essas coisas é nos Estados Unidos, então se tiver programando uma viagem por lá já compra suas coisas de frio.

 

 

Couchervel vai muito além dos esportes de neve. Eu mesma não esquiei lá, preferi curtir o charme do vilarejo e deixei pra esquiar no Club Med. Você pode aproveitar para comer muito bem (são 7 restaurantes estrelados pelo guia Michelin), passear pelas ruas, curtir o clima do tradicional inverno alpino, relaxar em um Spa e fazer compras em uma das 100 butiques disponíveis.

Uma boa pedida é experimentar a Raclette, um queijo derretido na hora muito saboroso.

Nós almoçamos um dia no Bistro L’Arbé. Pedimos hamburguer que vinha acompanhado de batatas fritas. Pra ter uma ideia um hamburguer custava 25 euros, bem salgadinho.

Também comemos no Polar Cafe e gostei bastante. Tem várias opções de lanches, saladas, sanduíches e muito gostosos. Recomendo para quem quer comer alguma coisinha rápida e depois voltar pra pista.

Courchevel é uma ótima opção para férias em família. Eles são muito bem preparados para receber os pequenos e possuem creches para crianças a partir de 6 meses e inclui aulas de esqui para crianças a partir de 1 ano e meio.

 Um passeio que tive vontade de fazer foi o voo parapente, mas infelizmente o tempo não estava bom.

Outra coisa legal para fazer em Couchervel é conhecer o Aquamotion, que é tipo um parque aquático com várias piscinas, toboágua, hidromassagem, sauna, plataformas para saltos e aquelas piscinas com ondas pra surfar, muito bacana.

Tem dicas de Courchevel? Deixe nos comentários.

0 Comentários
Escreva seu comentário
Comente via facebook
Instagram
@seguindo_viagem
css.php