Fechar
Egito

Mulher viajando sozinha pelo Egito – É perigoso?

10 de março de 2020

Quer saber como é a experiência de uma mulher viajando sozinha pelo Egito?

Sonha em conhecer o Egito, mas tem receio de viajar para lá sozinha? Vem comigo saber como foi minha experiência sendo mulher viajando sozinha pelo Egito.

mulher viajando sozinha pelo Egito
Mulher viajando sozinha pelo Egito

Eu viajei sozinha para o Egito em dezembro de 2019 e foi uma das experiências mais legais que já vivi. Para mim foi uma superação e tanto, porque apesar de já ter viajado muito sozinha, não é fácil você ir contra todas as recomendações de que o Egito não é um país legal para mulher viajar sozinha.

Confesso que durante muito tempo tive vontade de viajar para o Egito, mas ficava com medo de ir sozinha pelos relatos que eu lia. Quando comprei minha passagem para o Cairo, inicialmente eu pesquisei na internet alguns pacotes, mas não achei nenhuma saída viável para minhas datas. O único jeito seria contratar um pacote privado (que era caríssimo). Como o pacote privado estava fora do meu orçamento, o jeito foi arriscar e ir sozinha mesmo.

Como é a experiência de ser mulher viajando sozinha pelo Egito

Eu cheguei no Egito sozinha, peguei um táxi para o meu hotel e logo na chegada, não tive uma boa experiência com o motorista do táxi. O motorista, que não falava quase nada de inglês, ficou tentando conversar comigo pelo google translate enquanto dirigia até meu hotel. No início a conversa estava tranquila, até que mais próximo do destino ele começou a falar que eu era bonita e no final da viagem mandou um “one kiss”. Oiiii? Como assim minha gente? Pra pedir beijo ele sabe falar inglês muito bem né?

Eu fiquei tão chocada com a cara de pau da pessoa misturada com a auto estima extremamente elevada que só fiquei dizendo não e chamando ele de maluco. Felizmente chegamos no hotel e me livrei dessa peste. Isso porque peguei o táxi oficial do aeroporto hein, imagina se fosse qualquer um.

Tirando essa experiência desagradável, o resto foi tranquilo. Não passei nenhum perigo e achei até bastante seguro andar lá à noite.

Tomei bastante cuidado de me vestir com uma certa compatibilidade com a cultura deles, usei sempre saias longas ou calças e cobria os ombros com uma echarpe ou casaquinho. Apenas dentro dos pontos turísticos eu tirava para fazer as fotos.

Confesso que no início foi estranho andar na rua e perceber que TODO MUNDO estava me olhando. Os olhares realmente incomodam e eu ficava bem constrangida no início, mas depois acostumei e tentei incorporar o papel de celebridade e fingir costume.

O engraçado é que não são só os homens que ficam olhando, as crianças também olham pra gente como se fôssemos pessoas famosas. Durante um passeio em Luxor, cruzei com um grupo de crianças de escola e todas pararam para falar comigo, pedindo para tirar fotos, todas deslumbradas. Eu achei isso muito estranho, porque não estamos acostumadas a sermos vistas assim.

No Egito você é abordado o tempo inteiro, mas não apenas as mulheres, os homens também. Muita gente vem falar com você para oferecer passeios, táxi, corrida de charrete, camelo, etc.

O que eu percebi é que eles são vendedores insistentes e precisam de dinheiro, por isso oferecem seus serviços e produtos o tempo todo. É chato, é. Mas acho que a gente tem que encarar como sendo o trabalho deles e não como um assédio. E levar algumas coisas na esportiva, porque é a cultura deles, sabe, não adianta ficar batendo de frente.

No geral, o que eu percebi é que eles só falam com você. Ninguém tentou encostar em mim pelo menos.

Consegui fazer todos os passeios por conta própria, utilizando uber para me locomover. Não tive nenhum problema com os motoristas de Uber, todos foram bem educados e respeitadores. Alguns motoristas puxavam conversa outros não.

Mas se você preferir pode contratar passeios no Get Your Guide, uma plataforma super confiável e segura para reservar passeios turísticos. Dá uma olhada nesse passeio pelo Cairo que é um dos mais vendidos no site.

Felizmente não passei nenhum problema, pelo contrário, encontrei muitas pessoas bacanas que me ajudaram sem querer nada em troca.

O que eu aprendi viajando sozinha pelo Egito

Eu fiquei tão feliz por ter seguido minha intuição e vindo sozinha pro Egito apesar de tanta gente falar que não era recomendado.

O que eu vivi aqui sozinha foi tão especial e pude constatar que nada daquilo que li era a realidade de uma mulher viajando sozinha pelo Egito.

Porque a realidade nada mais é do que o que cada um enxerga com suas próprias lentes. Essas lentes funcionam como filtros, pois contém as experiências de vida de cada pessoa, os julgamentos, preconceitos, etc. Por isso a realidade vai ser diferente para cada um, pois cada um percebe o mundo da sua maneira.

A minha realidade foi totalmente diferente do que li na internet. 
o medo de outras pessoas não precisa ser o seu medo.

Eu me senti segura, me senti acolhida, encontrei pessoas muito boas e que me ajudaram demais. 

Cuidado com o que influencia você. O que você vê, ouve, lê, Quem você segue; você está absorvendo mais do que conteúdo, mas formas de ver o mundo.

Nossa sociedade negativa nos ensina a procurar o lado negativo de tudo.
E ver o mundo por lentes negativas tem consequências mais trágicas do que se pode imaginar.

Eu não quero te incentivar a vir sozinha pro Egito. Essa realidade foi possível pra mim, pelo meu jeito ser, pelas minhas experiências de vida. Pode ser que não seja a sua realidade e tá tudo bem. Pode ser que você tenha companhia, prefira viajar em grupo, etc. E para ser sincera, acho que o Egito não é um destino para quem é marinheira de primeira viagem. Se você não está acostumada a viajar sozinha ainda, procure outros países mais fáceis de viajar.

Cada um tem o seu limite. O que eu quero é chamar a sua atenção para o que você deixa te influenciar e talvez você perceba que possa ter medos que não são seus, que esteja percebendo o mundo por lentes que não são suas e interpretando realidades que não passam de ilusões.

Já fez seu seguro viagem? Apesar de ser corajosa para viajar sozinha pelo Egito, eu não abro mão de fazer um seguro viagem e evitar contratempos. Eu sempre reservo com a Seguros Promo, uma plataforma que sempre encontra o melhor custo-benefício.

Veja outros posts sobre o Egito aqui:

Roteiro Egito: Guia completo para sua viagem

Melhor hotel com vista para as pirâmides do Egito

Cruzeiro pelo Rio Nilo vale a pena?

DESCONTOS PRA VOCÊ

Se você gostou do nosso conteúdo, ajude a manter o blog planejando sua viagem através dos nossos links. Ao utilizar nossos links durante a reserva do seu hotel, compra do seguro viagem e demais serviços você gera uma pequena comissão para o blog. Você não paga nada a mais por isso e ainda nos motiva a continuar compartilhando nossas dicas aqui. Todos os serviços citados aqui são os que nós usamos em nossas viagens e são de nossa confiança.
Promoção de Passagens Aéreas
Reserve seu hotel no Booking
Ganhe R$179 de desconto no Airbnb
Ganhe 5% de desconto no Seguro Viagem
Internet no exterior
Alugue seu carro
Compre seu ingresso antecipadamente

Baixe Grátis o e-book Como Viajar Gastando Pouco

Livro Como Viajar Gastando Pouco

ADQUIRA MEU LIVRO NOVO

ADQUIRA MEU LIVRO NOVO

1 Comentário
Escreva seu comentário
1 Comentário
  1. […] Mulher viajando sozinha pelo Egito […]

Instagram
@seguindo_viagem
css.php